/arquivo de September 2010

Adeus, Setembro

Apenas um trecho (que li por acaso) de Canções basta: Quando meu rosto contemplo, o espelho se despedaça: por ver como passa o tempo e o meu desgosto não passa. Amargo campo da vida, quem te semeou com dureza, que os que não se matam de ira morrem de pura tristeza? Cecília Meireles.

Canção

Pus o meu sonho num navio e o navio em cima do mar; – depois, abri o mar com as mãos, para o meu sonho naufragar Minhas mãos ainda estão molhadas do azul das ondas entreabertas, e a cor que escorre de meus dedos colore as areias desertas. O vento vem vindo de longe, a […]

Soneto da separação

De repente do riso fez-se o pranto Silencioso e branco como a bruma E das bocas unidas fez-se a espuma E das mãos espalmadas fez-se o espanto De repente da calma fez-se o vento Que dos olhos desfez a última chama E da paixão fez-se o pressentimento E do momento imóvel fez-se o drama De […]

Ceticismo

“Naqueles bons tempos o espírito humano, semelhante à hera, abraçava-se a todos os troncos da árvore da vida, e vestia-se de viço e folhagem. O homem cria no homem; e o mundo ideal tomava corpo e vulto, e misturava-se com a realidade para a formosear. Hoje a ciência desbaratou todas as ilusões […] Quando este […]

Echoplex

Miami Horror.

People c’mon

I’m a wandering soul I got no place of my own Well I got nothing to give Well I got nothing to show for it And I’ll be wondering all, for all my years What I become no one could know If you’re feeling what I’m feeling c’mon All you soul searching people c’mon And […]

Efêmera

Quando sorriu, a polaróide já havia revelado.

Preconceito

O preconceito é uma ferida que surge no olho. Daí quanto mais você o abre, menos vê porque ela cresce e incomoda. Enquanto a vista reclama, você não percebe a ferida, pois sua satisfação está na coceira. E assim ela se espalha. É como a realidade acaba sendo deixada do lado de fora, escondida das […]

Be cool

O direito à superficialidade, quando o mar é raso

Eu sou meio babaca. E olha que me esforço pra não ser assim. É que frequento lugares em que há muitos babacas, tenho alguns amigos bem babacas, também. Mas, calma, esses babacas todos à minha volta acabam me ensinando sempre a mesma lição: quando babaca não saca a própria babaquice, ostenta. E isso lá é […]

|
Página